Nem adianta tentar,
só eu entendo o que está escrito aqui,
mas leia e crie seus próprios significados.

Boa viagem!

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Coisas

O que você faz quando
Ninguém te vê fazendo...

Eu? Me rio do mundo.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Solidão

Meu mundo particular é muito pequeno.
Só tem lugar para um:
Eu mesma.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Inexistir

Cadê o botão delete da vida?
Aquele que a gente aperta quando não quer magoar alguém.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Luto

Porque a dor da vida é tão doída,
Que o coração é pouco pra sentir a dor.
Aí as entranhas se contorcem,
Até parece uma jiboia me sufocando,
Me matando ...
Me solta, por favor!!!

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Montanhas

Eu sou aquela que sobe uma montanha por dia.
É sempre a mesma montanha,
E sempre o mesmo dia.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Eu parte II

Aprendi a ser realmente sincera e honesta comigo, quando comecei a perder a sanidade.

Eu

Nunca espere que eu alivie suas dores e frustações fazendo aquilo que espera de mim.
Eu posso até não cutucar ou espezinhar você, mas nunca o aliviarei.
Especialmente se isso atacar minha integridade ou colocar em risco minha sanidade.

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Estado de espírito

Não, não é você que está me incomodando.
Mas algo que passa muito longe de ti.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Ilusão e vida

Eu não guardo ilusões
Pois elas nos tomam tempo de vida
Quando não a própria vida.

Desistir

Desistir de algo que se quer, que se busca,
É dar à vida uma oportunidade de continuar.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Lugares

Eu tenho vontade de morar nos lugares para onde os meus sonhos me levam.
Mesmo sendo eles os lugares corriqueiros do meu dia-a-dia.
Mesmo neles, lá, naquele lugar mágico, existem diferenciais que os tornam interessantes.

Em frações de momentos,
Referentes a nanos,
Flashs desses lugares aparecem,
Como que querendo virar realidade.

São momentos tão intesos,
São momentos tão marcantes.
São momentos delirantes.

terça-feira, 22 de junho de 2010

O passarinho e o gato

O passarinho morreu,
Foi estraçalhado pelo gato,
Só ficaram as penas,
Todas cuidadosamente espalhadas.
Coitado o passarinho!
Malvado o gato!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Casa

É aquele lugar onde podemos passar o dia de pijamas,
Sem pentear o cabelo
E comendo cocada na colher.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Ilusão

Porque a melhor coisa em deixar a ilusão ir embora,
É saber que, o que resta,
É a nossa própria vida.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

terça-feira, 18 de maio de 2010

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Lugar

Porque a roda da vida impede,
Embora em seu rodar tudo se encontre,
Que a vida volte a ser
Exatamente
Como ela foi um dia.

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Humor

Hoje eu acordei 'toca Raul',
Isso é bom ou ruim?
Sei lá, depende da música.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

terça-feira, 13 de abril de 2010

Explicando

É difícil lidar com as diferenças,
Nos vários níveis da convivência,
Não importa qual seja.
O que importa é saber que somos diferentes.
Só não dá pra aguentar.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Envelhecer

Quero morrer bem devagar.
Pois quanto mais lenta é a morte,
Mais longa é a vida.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Sonhos

É que hoje sonhei duas vezes a mesma coisa,
Duas vezes com a mesma pessoa,
Duas vezes a mesma saudade.
Parece que quando virar a esquina,
Quando contornar a curva da árvore,
Encontrarei um sorriso jovem e branco,
Emoldurado por buchechas rosadas,
Apertando olhos vivos.
Ilusão,
Pura ilusão.
Ilusão dos sonhos,
Pura magia,
Pura alegria.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Hoje amanheci com vontade de voltar a morar na cidade onde cresci.
É que às vezes quero poder simplesmente sair de casa e ver coisas que reconheça.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Tradução

A mente sempre traduz o que o coração fala,
Traduz ao inverso ou inverte a tradução?
Acho que ela aplica sanidade ao que vem do peito.
Necessário sim, porém penoso para a alma.

Dor

A Dor,
La Dolor,
The Pain,
Dolore,
Sec,
Não muda nada.

Na Essência

Ter uma dor essencial
é dia a dia cavar um buraco.
E você sabe para que servem os buracos.

Irrit-ação

Papai do Céu,
Eu sei que é assim,
Eu sempre sei,
Mas que me irrita e tira do eixo,
Ah! Isso acontece.
Então, Papai do Céu,
Cegue meus olhos,
Tape meus ouvidos,
E sobretudo, acima de tudo,
Blinde meu coração.
Amém.

segunda-feira, 1 de março de 2010

Ilusão II

Perdi toda a ilusão em algum momento entre os anos de 2006 e hoje.
Não, não estou amarga, mas às vezes isso faz falta.
Só não sei porque,
Mas às vezes faz falta.

Ilusão

Porque a gente até tenta se iludir,
Mas a vida é tudo,
Menos fácil.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Amigo

Olhos fechados,
Coração aberto e atento.
Melhor,
Assim o amor é mais garantido.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Diário

Vou fazer disso aqui um diário,
penso tanto durante o dia,
penso tantas coisas diferentes,
que preciso registrar.
E que maneira mais moderna
do que fazer isso na internet?
Se lerem?
Vão me conhecer melhor.
Só isso.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Semeando

- Leves e bondosas mãos nos trouxeram até aqui, então, temos o direito de tentar prosseguir.
- As leves e bondosas mãos tinham pesados pés que nos oprimiram.
- Deixem-nos ficar.
- Levá-las garantirá a vida de todos que aqui estão.
- Quem decidirá nossos destinos? Quem nos tirará desse impasse?

Brilho

O verde brilha,
o azul brilha,
até o transparente brilha.
Mas quem brilha mesmo é o amarelo!

Segunda-feira

Que outro nome lhe daria?
Se conseguisse essa façanha,
Quem sabe a vida melhoraria.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Inspiração

As coisas ao meu redor falam comigo.
Esse não é o problema,
O problema é que eu escuto
E dou voz a elas.

Horas

Nesse meu passeio sem fim,
Já passei por aqui várias vezes,
Agora estou chegando onde você queria,
Será que mereço um beijo?
Só não sei como o receberia.

Invertendo

Nada como uma noite entre dois dias!

Brincando

Não, não sou poeta,
apenas brinco com palavras.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Bordado

Me dá licença,
Chega pra lá que eu tô passando,
Venho eu e minha companheira,
Juntinhas, em fila indiana,
Nesse caminho cheio de pequenos buraquinhos.
Quer saber porque estou com pressa?
Tô indo fazer uma bela flor,
Que é pra poder ficar olhando.

O Sol

Hoje o sol tá fazendo falta pois as nuvens resolveram escondê-lo;
Tem problema não, comprei um e coloquei na minha mesa.