Nem adianta tentar,
só eu entendo o que está escrito aqui,
mas leia e crie seus próprios significados.

Boa viagem!

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Quem sou

Defina-me na sua vida,
Somente você pode me dizer quem sou.
Não saber me angustia.
Mas não ouvir de você torna minha existência confusa.
Confusão já me define,
Porém, não quero essa palavra,
Ela não me basta,
Ela não me alivia.
Preciso de alívio.
Do alívio que vem da certeza.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Conforto

Deus criou o veludo
Para fazer o pelo dos gatos.

Gato

Comida no prato,
Água na lata.
Mão na cabeça
E eu ronrono.
E o meu humano, esse bobo,
Ah, ele se derrete todo.

Fonte

Algumas vezes isto vem como em pequenas gotas.
Noutras, a fonte seca.
Às vezes quando a alma escurece.
Outras, quando no sol resplandece.
Não me pergunte como,
Não me confunda.
Porque assim talvez a fonte
Para sempre seque.

Coração e Mente

Hoje meu coração está mais presente
Que minha mente ausente.
Hoje a fala divaga
E o coração mente.
Mas somente hoje,
Pois em mim, quem fala é o coração.
Minha mente?
Essa apenas vaga.

Ciclo

Será que o tempo é a vida?
Ou a vida se traduz em tempo?
Se o tempo a vida fosse,
Qual sentido teria?
Não, somos mais que o tempo decorrido.
Somos o sonho vivido
Entre o início e o fim,
Entre o dia e a noite.

Inspiração

É que as palavras às vezes brotam.
Borbotões insanos.
Juntá-las é trabalhoso,
Às vezes, doloroso.
Juntam-se porém sozinhas,
Sem que nenhum esforço se faça,
A não ser o de lembrar-se
Daquilo o que a alma disfarça.

Verdade

Se minhas palavras nada valem,
Que meus atos desvendem
Aquilo que minha mente esconde.
Se ainda assim não acreditarem em mim,
Que meus olhos se derramem.
E o derrame dos olhos,
Em lágrimas traduzido,
Seja a testemunha da angústia vivida.

Cremação

Quando perdemos algo ou alguém importante,
É necessário que ele deixe de existir nos termos deste mundo insano.
Então, que o fogo consuma a matéria,
E a transforme na substância de que são feitos os sonhos.

sábado, 17 de novembro de 2012

Hoje

Hoje eu estou com saudades de coisas que não existem,
Sentindo dores que não sinto.
Chorando um choro sentido.
Queria estar indo rumo ao oeste,
Ver o pôr do sol.
Pôr-me com ele.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Morte

E quando as mães morrem,
O que acontece?
Não sei,
Talvez um dia eu descubra.

domingo, 3 de junho de 2012

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Idas e vindas

É que às vezes palavras e sentimentos não se encontram,
Daí, a fonte seca, morre, se esgota,
Mas milagrosamente reaparece,
Limpa, cristalina.
Viva.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Psique

E eis que um lindo bordado está pronto,
Contento-me em apreciá-lo pelo avesso,
Faz mais sentido.
Faz todo sentido.


Inspirado na música O Tapeceiro. Ouvi hoje.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Sentimento Mutante

Eu sou Jean Grey, equilibrada pelo professor Xavier.
Mas confesso, às vezes gostaria de me entregar ao Magneto.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Vanidade

Palavras vãs ao vento,
Formam vãs promessas.
E lá se vão elas:
Vão palavras,
Em vãs promessas.

Amor

Aprendi a não amar as pessoas,
Aprendi a me amar.
Assim, as pessoas ganharam alguém verdadeiramente capaz de cuidar delas.

terça-feira, 19 de abril de 2011

Coisas que só eu entendo,

Coisas que só eu entendo,
Coisas que fazem parte de mim.
Meu mundo particular,
Forma de me expressar,
Me sinto assim...

sexta-feira, 4 de março de 2011

terça-feira, 1 de março de 2011

Controle de Psique

Como assim é perdido o controle?
Como assim é necessário grades,
Portas e cadeados?
É que se a mente não comporta a intensidade da alma,
Outra proteção deve ser dada.
Acredite em mim, por favor.
É puro amor.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Coisas

O que você faz quando
Ninguém te vê fazendo...

Eu? Me rio do mundo.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Solidão

Meu mundo particular é muito pequeno.
Só tem lugar para um:
Eu mesma.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Inexistir

Cadê o botão delete da vida?
Aquele que a gente aperta quando não quer magoar alguém.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Luto

Porque a dor da vida é tão doída,
Que o coração é pouco pra sentir a dor.
Aí as entranhas se contorcem,
Até parece uma jiboia me sufocando,
Me matando ...
Me solta, por favor!!!

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Montanhas

Eu sou aquela que sobe uma montanha por dia.
É sempre a mesma montanha,
E sempre o mesmo dia.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Eu parte II

Aprendi a ser realmente sincera e honesta comigo, quando comecei a perder a sanidade.

Eu

Nunca espere que eu alivie suas dores e frustações fazendo aquilo que espera de mim.
Eu posso até não cutucar ou espezinhar você, mas nunca o aliviarei.
Especialmente se isso atacar minha integridade ou colocar em risco minha sanidade.

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Estado de espírito

Não, não é você que está me incomodando.
Mas algo que passa muito longe de ti.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Ilusão e vida

Eu não guardo ilusões
Pois elas nos tomam tempo de vida
Quando não a própria vida.

Desistir

Desistir de algo que se quer, que se busca,
É dar à vida uma oportunidade de continuar.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Lugares

Eu tenho vontade de morar nos lugares para onde os meus sonhos me levam.
Mesmo sendo eles os lugares corriqueiros do meu dia-a-dia.
Mesmo neles, lá, naquele lugar mágico, existem diferenciais que os tornam interessantes.

Em frações de momentos,
Referentes a nanos,
Flashs desses lugares aparecem,
Como que querendo virar realidade.

São momentos tão intesos,
São momentos tão marcantes.
São momentos delirantes.

terça-feira, 22 de junho de 2010

O passarinho e o gato

O passarinho morreu,
Foi estraçalhado pelo gato,
Só ficaram as penas,
Todas cuidadosamente espalhadas.
Coitado o passarinho!
Malvado o gato!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Casa

É aquele lugar onde podemos passar o dia de pijamas,
Sem pentear o cabelo
E comendo cocada na colher.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Ilusão

Porque a melhor coisa em deixar a ilusão ir embora,
É saber que, o que resta,
É a nossa própria vida.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

terça-feira, 18 de maio de 2010

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Lugar

Porque a roda da vida impede,
Embora em seu rodar tudo se encontre,
Que a vida volte a ser
Exatamente
Como ela foi um dia.

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Humor

Hoje eu acordei 'toca Raul',
Isso é bom ou ruim?
Sei lá, depende da música.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

terça-feira, 13 de abril de 2010

Explicando

É difícil lidar com as diferenças,
Nos vários níveis da convivência,
Não importa qual seja.
O que importa é saber que somos diferentes.
Só não dá pra aguentar.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Envelhecer

Quero morrer bem devagar.
Pois quanto mais lenta é a morte,
Mais longa é a vida.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Sonhos

É que hoje sonhei duas vezes a mesma coisa,
Duas vezes com a mesma pessoa,
Duas vezes a mesma saudade.
Parece que quando virar a esquina,
Quando contornar a curva da árvore,
Encontrarei um sorriso jovem e branco,
Emoldurado por buchechas rosadas,
Apertando olhos vivos.
Ilusão,
Pura ilusão.
Ilusão dos sonhos,
Pura magia,
Pura alegria.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Hoje amanheci com vontade de voltar a morar na cidade onde cresci.
É que às vezes quero poder simplesmente sair de casa e ver coisas que reconheça.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Tradução

A mente sempre traduz o que o coração fala,
Traduz ao inverso ou inverte a tradução?
Acho que ela aplica sanidade ao que vem do peito.
Necessário sim, porém penoso para a alma.

Dor

A Dor,
La Dolor,
The Pain,
Dolore,
Sec,
Não muda nada.

Na Essência

Ter uma dor essencial
é dia a dia cavar um buraco.
E você sabe para que servem os buracos.

Irrit-ação

Papai do Céu,
Eu sei que é assim,
Eu sempre sei,
Mas que me irrita e tira do eixo,
Ah! Isso acontece.
Então, Papai do Céu,
Cegue meus olhos,
Tape meus ouvidos,
E sobretudo, acima de tudo,
Blinde meu coração.
Amém.

segunda-feira, 1 de março de 2010

Ilusão II

Perdi toda a ilusão em algum momento entre os anos de 2006 e hoje.
Não, não estou amarga, mas às vezes isso faz falta.
Só não sei porque,
Mas às vezes faz falta.